Abaetetuba Pousada – São Miguel dos Milagres | Boas de Garfo
Processed with VSCOcam with f2 preset

Abaetetuba Pousada – São Miguel dos Milagres

No Carnaval, resolvemos voltar para São Miguel do Milagres, um dos nossos lugares favoritos desse mundo. É difícil descrever a paz que você sente naquele local – as praias são praticamente vazias, sem o barulho de ambulantes e comércios, as pousadas são pitorescas e cheias de charme, e os povoados são compostos pelas pessoas mais sorridentes e simpáticas. Sem uma sombra de dúvida, voltamos à Milagres animados como se fosse a primeira vez.

Processed with VSCOcam with f2 preset

Praia da Laje – tem como não amar?

Dessa vez, resolvemos ficar na Abaetetuba Pousada, uma pousada com apenas três chalés comandado por Vittorio e Luisa, um casal italiano que decidiu deixar a vida em Torino para viver à beira da praia. Os bangalós são espaçosos, todos com 45m2 – são confortáveis, rústicos e decorados com muito bom gosto. Você sente que todo detalhe foi pensado com muito carinho – a torneira na frente do chalé já indica isso.

Casa principal, do Vittorio e da Luisa, casal italiano mais simpático do mundo!

Casa principal, do Vittorio e da Luisa, casal italiano mais simpático do mundo!

O café da manhã é servido na sala de jantar do Vittorio e da Luisa! Delícia!

O café da manhã é servido na sala de jantar do Vittorio e da Luisa! Delícia!

Vittorio e Luisa com a mão na massa

Vittorio e Luisa com a mão na massa

Os próprios donos que preparam o café da manhã na casa deles – e que banquete!  Começamos sempre com frutas sortidas fresquinhas (das mais doces que já provamos!), iogurte natural de búfalo com granola e geléia, e dois tipos de bolos, daqueles bem fofinhos de vovó. Os sucos são um show à parte! O Vittorio faz umas combinações deliciosas. Nossos favoritos? O de melancia com gengibre e o de abacaxi com capim santo. A Luisa também faz um café e cappuccino dos bons – forte na medida certa. Tem também pãozinho fresco, ovos, tapiocas, queijo coalho com mel, e por ai vai.

Yummy!

Yummy!

Agora com ovo mexido...

Agora com ovo mexido…

Tapioca de queijo coalho, banana e mel

Tapioca de queijo coalho, banana e mel

Tapioca com ovo!

Tapioca com ovo + suco de abacaxi com capim santo

Frutas sortidas

Frutas sortidas + iogurte e granola

O que mais gostamos é a exclusividade. Era difícil encontrar os outros casais que estavam se hospedando na mesma época, mas mesmo encontrando, seríamos em apenas 6 pessoas. Não tem barulho, não tem buffet, não tem caos. Aliás, a pousada não conta com WiFi, o que no começo nos deixou “meio assim” por conta das atualizações diárias no blog/Instagram mas que depois demos graças a Deus, pois só assim para se desconectar totalmente do mundo afora.

Nosso chalé, o ABA. Os outros dois chamam ETE e TUBA - fofo, né?

Nosso chalé, o ABA. Os outros dois chamam ETE e TUBA – fofo, né?

Um dos chalés, bem espaçoso e confortável.

Um dos chalés, bem espaçoso e confortável. (Fonte: Site Abaetetuba Pousada)

A cama híper confortável do nosso chalé

A cama híper confortável do nosso chalé

Carinho nos mínimos detalhes! (Fonte: Site Abaetetuba Pousada)

Carinho nos mínimos detalhes! (Fonte: Trip Advisor)

Adoramos a plaquinha na sala principal! Foi a melhor coisa para se desconectar.

Adoramos a plaquinha na sala principal! Foi a melhor coisa para se desconectar.

A diária da pousada inclui apenas o café da manhã, mas se acordado com um pouco de antecedência, o casal faz um almoço delicioso. Comemos extremamente bem lá, desde bruschettas até tartar com arroz, e é claro, as melhores sobremesas! A Luisa ainda diz que está aprendendo a fazer sobremesas mas acho que é charme pois foram uma das melhores que provamos nos últimos tempos.

Almoço do dia: tartar de cavala com abacate, tomate, azeitona e alho poró, arroz de maracujá e pão grelhado com manteiga

Almoço do dia: tartar de cavala com abacate, tomate, azeitona e alho poró, arroz de maracujá e pão grelhado com manteiga

Sobremesa dos deuses! Nutella caseira com creme e lascas de amêndoas

Sobremesa dos deuses! Nutella caseira com creme e lascas de amêndoas

Bruschetta de tomate e de abobrinha com queijo

Bruschetta de tomate e de abobrinha com queijo

Pannacotta com sorvete caseiro de morango

Pannacotta com sorvete caseiro de morango

A pousada conta com um espaço muito gostoso. Saindo da área dos chalés/casa do Vittorio e da Luisa, tem um riacho com mangue e uma pequena ponte que nos leva para o ambiente de maior relaxamento. Conta com várias espreguiçadeiras em baixo da sombra dos coqueiros, uma rede para tirar uma soneca e mais pra frente, um deck para tomar sol. A pousada não conta com uma piscina, mas nem precisa – o mar fica logo ali na frente!

O caminho para a praia

O caminho para a praia

Espreguiçadeiras na sombra dos coqueiros - quer mais o que?

Espreguiçadeiras na sombra dos coqueiros – quer mais o que?

Pernas pro ar!

Pernas pro ar!

Deck para tomar sol

Deck para tomar sol

A Abaetetuba fica situada em uma localização muito privilegiada – a Praia do Toque é uma das nossas praias favoritas por estar geralmente vazia e também por possuir as piscinas naturais mais lindas. A maré sobe e desce, o que nos dá a oportunidade de caminhar no mar adentro quando a maré está baixa. Fizemos o passeio de jangada para as piscinas naturais com um contato do próprio Vittorio e da Luisa – foi ótimo! Eles que marcam os passeios para que os hóspedes não tenham que se preocupar com nada.

Praia do Toque - linda e vazia

Praia do Toque – linda e vazia

Abençoado!

Abençoado!

Barquinho preso na areia com a maré baixa

Barquinho preso na areia com a maré baixa

Fim de tarde na Praia do Toque, perto do Porto da Rua

Fim de tarde na Praia do Toque, perto do Porto da Rua

A localização é ótima pois também fica perto dos melhores restaurantes da região. Como não é esquema meia-pensão, é necessário sair da pousada para jantar fora, mas eles nos passaram várias dicas de restaurantes ótimos. Vamos fazer um post depois com foco nisso.

Outra praia que vale a pena conhecer: praia dos Morros. Mais reclusa, selvagem. Preciso pegar uma balsinha para atravessar e chegar na praia.

Outra praia que vale a pena conhecer: praia dos Morros. Mais reclusa, selvagem. Preciso pegar uma balsinha para atravessar e chegar na praia.

No final da nossa estadia, perguntamos o que significava “Abaetetuba” – com um sorriso tímido no rosto, a Luisa nos explicou que Abaetetuba é a palavra em tupi-guarani para “lugar cheio de gente boa” – e é isso mesmo que é! Um lugar especial com pessoas queridíssimas que pretendemos visitar em um futuro próximo.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

.